Meu refúgio

Sentimentos e Poesias

Textos


Numa montanha bem longe, no topo de uma árvore, o passaro preocupado com a moradia de seus filhos sai a procura de lindos gravetinho para construir um ninho confortável para seus filhotes que estão prestes a chegar.
Ao terminar a construção, todo orgulhoso bota seus ovos e não arreda o pé do ninho para proteger seus futuros filhos que estão por vir. Só sai do ninho em casos emergenciais, ou seja, em busca de alimento e agua para seu sustento.
Assim passaram-se alguns dias e a felicidade desta mamãe tão carinhosa se completa com o nascimento de seus filhos. 
Ali, ela os proteje, sai em busca de pequeninos insetos.
Ao retornar para o ninho vê seus filhotes, ainda com os olhinhos fechados, mas o biquinho aberto na espera de alimentos.
A senhora passarinho alimenta um de cada vez, colocando em seus biquinhos os insetos que havia encontrado.
O tempo passa e os filhotes fortes e robustos, até aprenderam a voar.
Enquanto um se arrisca e alça voo.Os outros ficam prestando atenção, afinal a mamãe os havia ensinado voar, agora só falta a coragem do primeiro voo e seguir a vida de pássaros adultos.
Todos conseguem alçar voo. Cada um em busca de novas aventuras   formando outra familia, conforme o ciclo da natureza.




 
Tonia Aleixo
Enviado por Tonia Aleixo em 30/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras